120

Prefeitura Municipal de Itatim

Pular para o conteúdo

Programas

Nesta seção o cidadão encontra à implementação, acompanhamento e resultados dos programas, projetos e ações dos órgãos e entidades públicas, bem como metas e indicadores propostos

Utilize o(s) campo(s) abaixo para pesquisar

Foram encontrados 16 resultados para a pesquisa.

Ações Integradas: Programa Estadual de Alfabetização na Idade Certa/ Pacto Nacional de Alfabetização

Responsável: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer.

Metas: O programa no município compreende as ações integradas dos programas nacional e estadual, que em parceria com o Governo Federal e o Estado tem como principal meta, garantir que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

Indicadores: As Ações do Pacto/Pnaic, apoiam-se em quatro eixos de atuação: Formação continuada presencial para os professores alfabetizadores; Distribuição de materiais didáticos, obras literárias, obras de apoio pedagógico e jogos educacionais; Avaliações sistemáticas; Gestão, mobilização e controle social. Essas ações, encontram-se em sintonia com a meta 5 do Plano Municipal de Educação (PME), com um trabalho intencional e sistemático, visando a melhoria da qualidade da formação inicial e continuada dos professores, garantindo assim, os Direitos de Aprendizagem, em todos os anos do Ciclo de Alfabetização.

Resultados: - Formar educadores, que proponham soluções criativas para os problemas enfrentados pelas crianças em processo de alfabetização; - Mobilização com a comunidade em que as crianças se encontram inseridas, aprofundando a relação entre ambas e criando um espaço colaborativo, no intuito de alfabetizar todas as crianças até o final do 3° ano do Ciclo de Alfabetização - Aumento do percentual de crianças do 3º ano do Ensino Fundamental por nível de proficiência em leitura, escrita e matemática.

Informações Adicionais: Envolvidos: - 1 coordenadora local. - 3 orientadoras de estudos. - 1 coordenadora multiplicadora. - 36 professores alfabetizadores. - 570 alunos do Ciclo de Alfabetização.

PROGRAMA MAIS CULTURA

Responsável: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer.

Metas: O Programa consiste em uma iniciativa interministerial, firmada entre os Ministérios da Cultura (MinC) e da Educação (MEC), com a finalidade de fomentar ações que promovam o encontro entre o projeto pedagógico de escolas públicas contempladas com os Programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador e experiências culturais em curso nas comunidades locais e nos múltiplos territórios.Tem como metas reconhecer e promover a escola como espaço de circulação e produção da diversidade cultural brasileira; Contribuir com a formação de público para as artes e ampliar o repertório cultural da comunidade escolar; Desenvolver atividades que promovam a interlocução entre experiências culturais e artísticas e o projeto pedagógico de escolas públicas de Educação Integral; Promover, fortalecer e consolidar territórios educativos, valorizando o diálogo entre saberes comunitários e escolares, integrando na realidade escolar as potencialidades educativas do território em que a escola está inserida; . Proporcionar encontro entre vivências escolares e manifestações artísticas e culturais fora do contexto escolar; Ampliar e aprofundar a inserção de repertórios e práticas que contemplem a diversidade artística e cultural brasileira na vivência escolar; Promover o reconhecimento do processo educativo como construção cultural em constante formação e transformação; Fomentar o comprometimento de professores e estudantes com os saberes culturais locais; Contribuir para a ampliação do número dos agentes sociais responsáveis pela educação no território, envolvendo iniciativas culturais dos territórios nos processos educativos em curso nas escolas; Proporcionar aos estudantes vivências artísticas e culturais promovendo a afetividade e a criatividade existentes no processo de ensino e aprendizagem.

Indicadores: O programa Mais Cultura representa o reconhecimento da cultura como necessidade básica, direito de todos os brasileiros, tanto quanto a alimentação, a saúde, a moradia, a educação e o voto.Com a criação do Programa, o Governo Federal incorpora a cultura como vetor importante para o desenvolvimento do país, incluindo-a na agenda social ? com status de política estratégica de estado para atuar na redução da pobreza e a desigualdade social.Essa é, portanto, uma das mais importantes conquistas do Ministério da Cultura e de todos os brasileiros ? um programa pautado na integração e inclusão de todos segmentos sociais, na valorização da diversidade e do diálogo com os múltiplos contextos da sociedade brasileira.

Resultados: Na perspectiva de cooperação, articulação e integração, o Ministério da Cultura estabelece parceria com ministérios, bancos públicos, organismos internacionais e instituições da sociedade civil, além de assinar acordos com governos estaduais e municipais para a implementação das ações do Mais Cultura. O Programa Mais Cultura se estrutura em três dimensões articuladas entre si: Cultura e Cidadania, Cultura e Cidades e Cultura e Economia. Todas as ações do Mais Cultura buscam a ampla participação da sociedade civil e dos poderes públicos. Diante das dimensões trabalhadas, nossos alunos se desenvolvem como cidadãos conscientes, se desenvolvem artisticamente, socialmente, intelectualmente, tornando-se crítico, com um olhar direcionado ao mundo nas suas diferentes esferas. Valorizando e respeitando a nossa cultura, e toda gama de conhecimento que advém da sua diversidade.

Informações Adicionais: Quantidade de alunos atendidos pelo Programa Mais Cultura em 2015 ? 300 alunos Quantidade de escolas atendidas ? 02 na zona urbana Quantidade de áreas oferecidas ? 04 (Teatro, dança, capoeira e percussão) Quantidade de profissionais ? 4 (01 Profissional por cada área)

PROGRAMA FORMAÇÃO PELA ESCOLA

Responsável: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer.

Metas: O Programa Nacional de Formação Continuada a Distância nas Ações do FNDE ? Formação pela Escola ? visa fortalecer a atuação dos agentes e parceiros envolvidos na execução, no monitoramento, na avaliação, na prestação de contas e no controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE. É voltado, portanto, para a capacitação de profissionais de ensino, técnicos e gestores públicos municipais e estaduais, representantes da comunidade escolar e da sociedade organizada.O programa consiste na oferta de cursos de capacitação, em que os participantes conhecem os detalhes da execução das ações e programas da autarquia, como a concepção, as diretrizes, os principais objetivos, os agentes envolvidos, a operacionalização, a prestação de contas e os mecanismos de controle social. Com isso, busca-se estimular a participação da sociedade nessas ações.O Programa tem como meta contribuir para a melhoria da qualidade da gestão e o fortalecimento do controle social dos recursos públicos destinados à educação.

Indicadores: A Formação pela Escola fortalece a atuação dos agentes e parceiros envolvidos na execução, monitoramento, avaliação, prestação de contas e controle social dos programas e ações educacionais do FNDE. Para os conselheiros, o FNDE lançou curso de controle social, que engloba vários programas. Concluído o módulo inicial, os conselheiros podem fazer cursos sobre programas educacionais específicos, como alimentação e transporte. A idéia é incentivar os conselheiros a cursar os módulos referentes a cada programa, pois, ampliando a formação, os conselheiros aprofundam o conhecimento e melhoram a atuação no controle dos recursos destinados à educação.A capacitação é aberta a toda a comunidade escolar. Podem participar professores, pais de alunos, diretores, gestores municipais e estaduais. Cada curso tem duração de 40 horas ? oito de forma presencial e 32 a distância, por meio da plataforma Moodle. A oferta abrange os cursos, ou módulos, de competências básicas, que trata das políticas públicas de educação; do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE); do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate); dos programas do livro didático; do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae); do controle social para conselheiros e do Fundeb.

Resultados: Como é uma formação aberta à toda a comunidade escolar, todos tem tido a oportunidade de adquirir novos conhecimentos e aprimorar os já existentes diante dos programas financiados pelo FNDE. Programas estes que contribuem diretamente para o desenvolvimento de uma educação com qualidade. Sabemos que é preciso haver um controle social, é preciso haver fiscalização diante da administração de tantos recursos, mas é necessário conhecer, compreender como funciona e qual objetivo de cada programa, mas só então se tornar um cidadão participativo e fiscalizador. E os funcionários tem se especializado cada vez mais nas áreas em que trabalham para gerir da melhor maneira os recursos, respeitando e fazendo cumprir as leis de responsabilidade fiscal.

Informações Adicionais: 03 Cursos oferecidos ( Competências Básicas, PDDE, PLI ) Duração de 2 meses cada curso 40 alunos atendidos por curso (funcionários da secretaria de educação, gestores, coordenadores, conselheiros, alunos da faculdade de pedagogia e pessoas da comunidade) 120 certificados emitidos

Agentes Mirins do Meio Ambiente

Responsável: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer.

Metas: O Projeto Agentes Mirins do Meio ambiente em conjunto com material elaborados para instrumentalizar e apoiar o trabalho docente no campo da consciência ecológica, tem como objetivo de inserir os estudantes do Fundamental II no universo da consciência ecológica. O projeto tinha como foco principal pesquisa de opinião em um bairro selecionado do nosso município ? Conjunto Habitacional Geovania Nogueira Nunes- sobre as demandas para com o meio ambiente, higiene, saneamento básico e laser. Inicialmente o trabalho seria realizado na disciplina de Geografia, porém o olhar e as ações seriam realizados de forma multidisciplinar.

Indicadores: Eixo de trabalho voltado para a consciência ecológica; Pesquisa e estudos sobre o meio ambientes, lixo, impactos ambientais e estudo do solo; Distribuição de panfleto na praça pública sobre a importância da reciclagem; Pesquisa de casa em casa no bairro selecionado; Incentivar do uso de lixeiras inteligentes, separando os diferentes tipos de lixo; Confeccionar faixas para caminhada ecológica; Uso de carro de som para informações sobre o evento; Contribuir para o desenvolvimento crítico do estudante assim como sua formação como cidadão frente os problemas urbanos a sua volta.

Resultados: Panfletos confeccionados; Adesivos para as portas criados e impressos; Estudos sobre meio ambiente, solo, tipos de lixo, reciclagem realizados e compreendidos Apoiar na formação dos estudantes quanto cidadão consciente do seu papel na sociedade; Contribuir para a melhoria do bairro selecionado no que tange Meio Ambiente.

Informações Adicionais: Turmas participantes (alunos do 7º ano) Casas pesquisadas (56 casas) Panelaço para chamar atenção dos moradores do centro da cidade, informando a realização do projeto. Pedido pelo bairro encaminhado para a prefeitura (lixeiras)

Projeto Formação Continuada Língua Portuguesa e Matemática

Responsável: Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Lazer.

Metas: O projeto de Formação Continuada é uma proposta que visa tornar o profissional de educação não só capaz de ensinar aos alunos a ler, escrever, analizar um texto e resolver situações problemas, mas desenvolver sua própria competência linguístico ? enunciativo ? discursiva e matemática.

Indicadores: O eixo de trabalho é voltado para a formação continuada, presencial e a distância com o foco no crescimento profissional e pessoal.

Resultados: Encontros mensais discursivos, distribuição de atividades e leituras por e-mail, formação de grupos de estudos, apresentação de seminários, participação em debates através das redes sociais. ? Profissionais qualificados ? Educação com maior qualidade ? Avanço nos resultados das avaliações externas

Informações Adicionais: Participantes: ? Coordenadores Pedagógicos ? Professores da Rede Municipal de Ensino



Total de 5 registros por página